Ser Autor Home Favoritos Feed


domingo, 20 de fevereiro de 2011

A Revolução dos Bichos de George Orwell

O Livro e Eu...

Era uma vez uma menina de 9 anos que leu a Revolução dos Bichos...
Quando peguei esse livro pra ler, não esperava nada dele, mas acho que quando a gente é criança nunca espera nada de um livro; as expectativas nunca são altas.
Li esse livro em 1998, quando uma tia me deu sua copia do livro perto do aniversário dela, me lembro de sentar na varanda e ler comendo empadinhas de palmito agora eu sempre associo as duas coisas, kkk, Memórias vai entendê-las.
Mas o grande marco desse livro pra mim é que ele foi o primeiro livro de ‘gente grande’ que eu li, ainda que seja uma fábula a história por trás dela é bem mais densa. De qualquer forma esse foi o livro de passagem para uma nova era de livros com histórias mais longas e mais sérias deixando pra trás os curtos (porém inesquecíveis) livros da Série Vaga-lume.

A História...

Publicado em 17 de Agosto de 1945, A Revolução dos Bichos (Animal Farm) é um dos livros mais presentes em listas de livros imperdíveis, 100 melhores romances e etc. etc. Obviamente não ficaria fora da lista de 1001 livros para ler antes de morrer!
O livro na verdade é uma sátira feita por George Orwell a União Soviética Comunista, o que pode se considerar uma característica do autor já que não só a ‘Revolução dos Bichos’ mas também ‘1984’ têm forte presença de critica política e social, claro que com 9 anos não foi isso que eu vi no livro.
Mas devido a isso o livro foi banido do bloco soviético, mas circulava na clandestinidade, e Orwell teve dificuldades em publicá-lo.  
Na história a tentativa de criar uma sociedade utópica onde os animais da fazenda não estariam mais sob o poder dos humanos eles começam a lutar por um ideal que acaba deturpado por seus lideres que sucumbem a corrupção, a traição, as fraquezas humanas em geral que emergem e acabam destruindo esse ideal e cada vez mais solidificando uma nova ditadura não muito diferente daquela imposta pelos humanos, direcionada por seus próprios interesses.
A crítica de Orwell se fundamenta no ideal nascido pela necessidade de mudança em sociedades oprimidas por uma forma de governo repressiva que leva a uma revolução; e que há um determinado ponto nessa luta onde um líder sucumbe ao poder e acaba se tornando o próximo governante a ser derrubado.
Para o autor a política Stalinista representaria a traição aos ideais da Revolução Russa de 1917, Orwell tentava com o livro derrubar o mito de que a União Soviética era um Estado Socialista.
 Assim os personagens tinham correspondentes humanos, o Major representava Karl Marx, Napoleão seria Stalin e sua matilha de cães ferozes seriam a polícia secreta, o cavalo Boxer era o povo soviético e Bola-de-Neve era Trotski.


Avaliação...

O livro é interessante mesmo para aqueles que não se interessam muito por criticas políticas e etc.
Mas é isso que torna o livro rico, as criticas feitas pelo autor as decisões tomadas pelos personagens e as conseqüências dessas em relação às outras pessoas que o seguem como um líder.
Os animais são uma alegoria para abordar um problema recorrente na história que é a corrupção do ser humano.
Recomendo principalmente para aqueles que precisam fazer um trabalho ou Monografia relacionados a História, o livro é muito rico nesse aspecto e pode render um trabalho muito bom. Eu particularmente nunca vi um trabalho a respeito desse livro, só dos escritos políticos de Orwell, mas em geral toda a obra dele pode ser utilizada para estudos desse fim, o autor era ativo politicamente e escrevia muito a esse respeito.

Essa resenha faz parte do projeto 1001 livros para se ler antes de morrer
Outro Links e outras resenhas em  http://caraminholasdejp.blogspot.com/
 
Classificação...  ★★★★Muito Bom!      

                                                                                              Ju Poggi

3 comentários:

C. disse...

que massa seu blog
eis o meu livro de cabeceira. adoro

Filipe de Arede Nunes disse...

Um dos grandes livros da minha vida. Brilhante parábola sobre uma realidade tantas vezes camuflada, escondida e pervertida.

Cumprimentos,
Filipe de Arede Nunes

ka macedo disse...

Juura? Se a gente soubesse teria ficado um pouquinho mais lá no espaço, por que depois nós ficamos andando pela livraria por um bomm tempo.
Então nesse próximo eu vou sim. Obrigada por convidar *-*
Ok, vou ficar esperando!

Beijos
PS: Eu amo A Revolução Dos Bichos. George Orwell é um gênio!

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin