Ser Autor Home Favoritos Feed


domingo, 10 de abril de 2011

Orgulho e Preconceito - Jane Austen

   Um clássico da literatura britânica, considerado por muitos o melhor livro da autora, sendo Lizzy, a personagem principal do romance, assumidamente a personagem favorita de Jane Austen dentre suas obras.
   Sim, um romance. Com a diferença que tanto a "mocinha" quanto o "mocinho" não são perfeitos, como já indica o título. E justamente por isso são capazes de evoluir e aprender com seus erros.
   Me chamou a atenção um detalhe curioso: embora Elizabeth, a protagonista, não seja uma heroína típica de histórias românticas, um leitor um pouco mais atento pode perceber que sua irmã Jane o é. Jane é resignada, bondosa, tem bom senso e é a mais velha e mais bonita dentre as cinco irmãs. Elizabeth é a segunda mais velha, a mais racional e a que melhor se dá com o pai extremamente sarcástico, além de ser muito bonita e bastante obstinada, é claro.
   Sua mãe é bastante fútil e seus pais estão longe de terem um casamento feliz. Suas irmãs mais novas são tão fúteis quanto a mãe, e chegam a carecer de bom senso. A família vive no interior e embora não sejam pobres, estão longe de serem ricos.
   Tudo começa com a chegada do Sr. Bingley, um homem jovem, atraente e solteiro que acabara de adquirir uma propriedade na região, e foi convidado para um baile local. Junto com ele, vão ao baile duas de suas irmãs, uma delas com o marido, e seu amigo Sr. Darcy, também um jovem e atraente solteiro de uma família ainda mais rica.
   Sr. Bingley logo se encanta por Jane, e dança e conversa normalmente com os habitante da região, enquanto o resto de seu grupo se mantém fechado a todas as tentativas de conversas ou convites para dançarem, especialmente o Sr. Darcy, o que ofende grandemente as pessoas dali.
   A partir disso, desenvolvem-se diversas situações, tanto para Jane quanto para Elizabeth, Darcy e Bingley, com algumas reviravoltas que podem exigir uma revisão de seus conceitos sobre as pessoas e sobre as próprias situações vivenciadas.
   Vale a pena conferir também a série homônima da rede de televisão britânica BBC, que tem 6 episódios no total e se mantém fiel ao livro, embora não o substitua.

8 comentários:

Carlinha disse...

Tenho esse livro em espera;)

izac disse...

gostaria de ter assistido a série

Laura disse...

Morro de vontade de ler esse livro
Beijoos

@philipsouza disse...

Ja vi esse livro, e está em espera, sempre que leio algo me chama mais atenção...

abraços

Philip Rangel- Entrando Numa Fria

Ni disse...

Um de meus livros favoritos, com certeza. Depois de ler, assisti ao filme (o mais atual) e adorei a adaptação que fizeram. Sobre a série, ainda não vi, mas pretendo!

Felicidade Clandestina disse...

nunca li, mas o filme já assisti umas 10 vezes, rs.

HONORATO, Sandro disse...

Quer ler este livro *---*

Abraços

Leitora disse...

Vou ler este livro nas férias já está dentro da malinha de viagem;)

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin