Ser Autor Home Favoritos Feed


quinta-feira, 12 de agosto de 2010

A Lança do Deserto, de Peter V. Brett

Este é um dos melhores livros fantásticos que já li. Dos livros que mais gostei de ler.
A maneira como me absorveu foi absoluta. Passei os dias a pensar no livro, a pensar nas suas personagens, a sonhar com os demónios...

Há coisas que mudam do primeiro livro, "O Homem Pintado", para este, segundo livro, mas em geral acho que foi ainda melhor do que prometia!
O estilo da obra mantém-se na integra. Trata-se da jornada de certas personagens na luta contra os demónios da Noite, que atacam os humanos, apenas protegidos por detrás de guardas (símbolos) mágicas.

Acima de tudo, Peter V. Brett é um contador de histórias que, nesta obra, consegue descobrir uma maneira própria de a contar. Nós conhecemos todas as personagens desde a sua infância até à sua maioridade, nenhuma é excepção! Portanto, todas as questões que se põem em causa pela personalidade das personagens não nos surpreendem. E talvez isso nos aproxime ainda mais delas (e nos faça gostar ainda mais do livro).

Em vez de seguirmos o Homem Pintado, vamos seguir mais ainda Jardir, um krasiano que desde cedo é treinado para matar demónios. Para muitos, acredito que isto não pareça satisfatório, pois o final de "O Homem Pintado" faz-nos querer saber ainda mais do que vai acontecer com o mesmo. No entanto, não é isso que encontramos neste livro. O que este livro faz é dar uma importância renovada ao Homem Pintado e ao que ele pode representar.

Conhecemos um povo completamente diferente, de Krasia e mais sobre a lenda do Libertador. Confesso que Jardir conseguiu ser a personagem que mais gostei do livro, e depois a que mais odiei, e finalmente fiquei EXTREMAMENTE curioso com o destino que irá ter.

O que muda mais neste livro será, certamente, os próprios demónios. No primeiro livro, estes são a personificação do medo, dos pesadelos, são invencíveis e vê-los à frente é como estar perante a Morte. É um autêntico terror.
Neste livro... Não é bem isso que acontece. Os demónios deixam de ser o Medo em si para serem apenas inimigos, a serem eliminados.

O nível de excitação que este livro em proporcionou foi algo completamente fora do normal. Com uma escrita bastante fluída, é difícil pôr de lado o livro e não continuar a ler! É tudo tão viciante, tão excitante, tão absorvente... Sem dúvida, absorvente até ao limite!
Mal consigo esperar pelo próximo livro, e último pelos vistos. Não apenas porque quero continuar a seguir esta grandiosa batalha, mas porque estou freneticamente curioso em saber qual o destino de todas as personagens.

(esta crítica não está completa, e se estiver interessado em perceber mais - sem spoilers/revelações sobre o enredo! - vá a http://leitura-constante.blogspot.com/2010/08/lanca-do-deserto-de-peter-v-brett.html
Obrigado pelo seu comentário!)

5 comentários:

v_crazy_girl disse...

Li o primeiro e adorei!

Estou deserta para ler este segundo livro que promete uma qualidade igual ou superior ao primeiro!

Boa crítica!

jimmy disse...

Viva! Acabei por "tropeçar" neste louvável blog sobre leitura e, sem querer fazer dele um espaço de promoção própria, gostava de aproveitar para deixar o convite a descobrir o meu recente trabalho "Os Bárbaros" (http://www.fnac.pt/Os-Barbaros-Humberto-Oliveira/a320310) ou até, quem sabe, outras das minhas obras cujo lançamento se encontra para breve. Agradecido,
Humberto Oliveira (Jimmy David).
www.wix.com/jimmydavid/wixjimmy

Entre Fatos & Livros disse...

Obrigada por participar do meu blog. Já estou seguindo o seu.

BjoO
Pri
Entre Fatos e Livros

Mariana disse...

estou a acabar o primeiro livro, "o homem pintado" e estou a adorar... é realmente uma história que nos prende da primeira à última página. As personagens são fantásticas e a história abordada neste livro é espectacular... Aconselho a todos a lerem o livro.

Ulrich disse...

Boa literatura nunca vem para o Brasil...
Se (e quando) vem, é só depois de já ter feito muito estardalhaço no exterior.
Talvez daqui a dez anos nós brasileiros possamos ler as estórias da "Demon Trilogy" de Brett adaptada para nosso idioma...

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin