Ser Autor Home Favoritos Feed


sexta-feira, 26 de junho de 2009

"Chegou a Tua Hora" - Karen Rose

SINOPSE:


"Nunca, ao longo da sua experiência na Brigada de Incêndios de Chicago, o tenente Reed Solliday viu tantos e tão devastadores incêndios domésticos, e, para ajudar ao seu desconcerto, a sua nova e arrogante parceira, a detective Mia Mitchell, conduz o caso de uma forma com a qual ele não concorda. Os instintos de Mia dizem-lhe que o incendiário tem razões pessoais contra os dois investigadores, dado que os rostos torturados que encontram nos edifícios em chamas são das pessoas que Mia e Reed mais amam. A ânsia do monstro por morte e destruição é inextinguível... e Mia será a sua próxima vítima!"


Comecei a ler este livro sem saber o que me esperava. A autora é nova em Portugal (editada em exclusivo, pela primeira vez pelo Círculo de Leitores), este é o primeiro livro da autora, e nunca tinha ouvido falar no seu nome.

Foi uma boa escolha e provavelmente irei comprar os outros títulos que o Círculo de Leitores irá publicar.

É uma história policial, condimentada com romance e thriller psicológico. Mia Mitchell é detective da Brigada de Homicídios e Reed Solliday tenente na Brigada de Incêndios. As suas vidas cruzam-se no seio de uma investigação a um incêndio numa casa de habitação, onde aparece o corpo carbonizado de uma rapariga. Mas a morte não foi causada pelo fogo. A rapariga fora violada e morta com um tiro. Os incêndios repetem-se e com eles as vítimas multiplicam-se, Quem será aquele cruel assassino?

Quando a professora Brooke é retirada das chamas ainda com vida, uma nova esperança surge nos detectives. No entanto, Brooke não sobrevive, mas antes de morrer repete as palavras do seu assassino: "Conta até dez e vai para o inferno". Qual seria o significado destas palavras? Mia e Solliday vêem-se então no centro de uma escalada de mortes, arquitectadas por uma mente que anseia por vingança. E no Centro de Reabilitação de Jovens onde a professora Brooke leccionava, são mais as dúvidas e suspeitas que surgem, do que respostas para o caso.

Enquanto a investigação avança, Mia e Reed são confrontados com os seus medos mais profundos, com os sentimentos que os assustam, com o homem e a mulher que são quando deixam de ser a detective e o tenente. O seu passado assombra o presente que vivem, e por vezes parece cruzar-se com o assassino.

Uma história absorvente, com personagens tão bem desenvolvidas que até poderiam ser reais. A escrita prende-nos até à última página. A descrição das personagens e dos seus sentimentos está tão bem conseguida que damos por nós a falar com elas, a viver com elas as suas emoções.

Um bom livro, com uma boa história. Uma autora que promete!

3 comentários:

Bia disse...

Puxa, eu adorei a sinopse!!!
Já estou a procura de um livro dessa autora há bastante tempo!!!
Valeu a dica!

Rui Baptista disse...

Olá! De quando é que é este livro. Foi publicado há pouco? Não conhecia este livro.

Homem do Leme disse...

Olá Bia, é mesmo um bom livro

Rui, é da penúltima revista do Círculo de Leitores, de Junho deste ano. Na revista actual já tem o segundo livro.

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin