Ser Autor Home Favoritos Feed


terça-feira, 21 de abril de 2009

Porto de Abrigo - Nora Roberts

Comecei a ler este livro no dia 15 de Abril e acabei no dia 19.

Phillip é o único dos três irmãos Quinn que ainda se mantém solteiro. Com muita força de vontade, vai conseguindo conciliar um emprego exigente com os novos deveres familiares, ou seja, ajudar a cuidar de Seth, o irmão adoptivo.
Quando a Dra. Sybil Griffin aparece na vila com o objectivo de pesquisar para um livro que pretende escrever, Phillip não pode deixar de reparar nela, afinal, Sybil é uma mulher misteriosa que agita os seus sentidos e ameaça roubar o seu coração. E se é verdade que Sybil também não pode negar a atracção que sente pelo carismático Phillip, o segredo que a liga ao jovem Seth pode deitar tudo a perder... e destruir a própria família Quinn.



Repleto de emocionantes momentos familiares, de muito romance e de um toque de tensão, Porto de Abrigo é um livro maravilhoso que volta a confirmar Nora Roberts como a melhor escritora romântica da actualidade.

Críticas de imprensa
O grande dom de Nora Roberts é a sua habilidade em arrebatar o leitor para a vida das suas personagens... vivemos, amamos, sofremos e triunfamos com elas!"
Rendezvous
"Nora Roberts é uma artista da palavra. Pinta a sua história e as suas personagens com vitalidade e realismo."
Los Angeles Daily New

"Uma contadora de histórias verdadeiramente mágica."
Publishers Weekly

"Os admiradores de Nora Roberts vão deliciar-se."
Booklist



Escritora norte-americana, Eleanor Robertson, conhecida por Nora Roberts, nascida a 10 de Outubro de 1950, em Silver Spring, no estado de Maryland, tornou-se famosa como autora de romances cor-de-rosa, que atingiram tops de vendas um pouco por todo o mundo, nomeadamente em Portugal.
Estudou numa escola católica de freiras, mas não seguiu a vocação religiosa e casou jovem. Mudou-se para Keedysville, ainda em Maryland, onde trabalhou durante algum tempo como secretária. Contudo, depois do nascimento dos filhos, optou por ficar em casa.
Ávida leitora, começou a escrever histórias em Fevereiro de 1979 durante uma grande tempestade de neve que a reteve por um longo período em casa. Depois de ter prontos alguns manuscritos deparou-se com recusas de diversas editoras, mas, em 1981, conseguiu finalmente lançar o seu primeiro romance, Irish Thoroughbred.
Depois, entre 1982 e 1984, escreveu 23 romances, mas só em 1985 é que alcançou o seu primeiro grande sucesso com Playing the Odds, que deu origem à saga da família MacGregor.
Nora Roberts, que também assinou com os pseudónimos J.D. Robb, Jill March e Sarah Hardstey, escreveu ao todo mais de 150 romances, muitos dos quais foram editados com grande sucesso em Portugal. Tal sucedeu com Levado pelo Mar, A Dama Negra, A Ilha das Três Irmãs, A Cor do Fogo, A Dália Azul, Entre o Céu e a Terra, entre outros. O pseudónimo J.D. Robb surgiu em 1995 quando publicou o primeiro dos seus romances de suspense, nomeadamente uma série de ficção científica.
Os seus livros foram publicados em mais de cerca de 35 países.
Nora Roberts ocupou durante mais de cem semanas o primeiro lugar da tabela de vendas do jornal norte-americano New York Times.
Em 2007, a revista Time considerou-a uma das cem pessoas mais importantes do ano.
Nora Roberts, que escreve diariamente durante oito horas, foi a primeira mulher a entrar no America Hall of Fame de escritores de ficção.

Um comentário:

Ana disse...

Ainda não tive oportunidade de ler este livro, mas parece-me muito bom!
Quase todos os livros que li dela, Gostei...tem uma escrita acessível, leve e mantém sempre o leitor interessado.

Boas Leituras!!!

Postar um comentário

Blog Widget by LinkWithin